Conheça os benefícios da maca para a saúde. E acredite, são muitos!

 De Dicas de Saúde

Os chás são aliados da dieta quando queremos dar aquela desinchada ou desintoxicar o organismo. Os verdes acabaram ganhando mais popularidade, pois possuem propriedades metabólicas e grande quantidade de antioxidantes. Dentro desse grupo, o matcha virou o grande queridinho e acabou virando até ingrediente de receitas.

E qual é a diferença e, principalmente, a grande vantagem do matcha em relação ao chá verde comum? “Apesar dos dois serem da mesma folha (Camelia sinensis), eles são produzidos de forma diferente. Por isso, o matcha tem mais aminoácido, mais clorofila. O gosto também é bem diferente. O chá verde é mais amargo e o outro mais suave e adocicado”, explica a nutricionista da Grings Alimentos Saudáveis, Marília Zielinski Toledo.

E o principal benefício em comparação ao chá verde comum: o matcha tem 137 vezes mais o antioxidante EGCG ou epigalocatequina-3-galato, que defende nossas células da ação dos radicais livres, além de trazer benefícios para a saúde do coração e do cérebro.

 

Mas, atenção, o matcha, assim como o chá verde, deve ser consumido com moderação por hipertensos e gestantes, sempre com indicação do médico ou nutricionista.

Uma das reclamações dos consumidores é o preço do matcha. O valor não pode nem ser comparado com o do chá verde comum, que é encontrado facilmente por aí mais barato. “A diferença está na forma como ele é plantado. É um processo que exige mais tempo e trabalho. O pó é produzido na China por uma empresa japonesa que conserva os mesmos rituais de antigamente. Para se ter uma ideia, demora muita horas de trabalho para se conseguir 1kg do chá”, explica Marília.

iStock

O matcha em pó, depois de moído em moinho, e o chá pronto

A nutricionista indica o consumo de duas a quatro colheres do pó verde por dia, próximo ou após as refeições – para ajudar na queima das calorias, com a quebra das células de gordura.

Obviamente, não existe milagre. Para funcionar, a bebida precisa ser associada a uma alimentação saudável, balanceada e de preferência com atividade física.

Como apresenta-se em pó, o matcha é bem versátil e pode ser aproveitado em diversas receitas   como pães, bolos, vitaminas, recheios e sucos.

A melhor parte é que vale misturar e criar sem medo, já que ele não perde suas propriedades.

Confira outros benefícios do matcha:

  • Emagrecimento: por ser termogênico, contribui para queimar as calorias e gorduras do organismo. O efeito é intensificado quando associado à prática de atividade física. Além disso, tem a catequina em sua composição, substância que contribui para a perda de peso.
  • Poder antioxidante: possui polifenóis antioxidantes que previnem o envelhecimento, combatem a inflamação, oxidação das células e reduzem as celulites.
  • Efeito estimulante: como possui cafeína, estimula o metabolismo aumentando a energia e a disposição do organismo.
  • Sensação de saciedade: o antioxidante EGCG (epigalocatequina) presente no matcha, estimula a liberação do hormônio CCK (colecistocinina), responsável por alertar o cérebro que o estômago está cheio.
  • Redução de inchaço: ajuda a reduzir a retenção de líquidos, eliminando as impurezas do organismo.
  • Prevenção de doença: o antioxidante EGCG (epigalocatequina), do grupo das catequinas, ajuda na prevenção do câncer.
  • Controle do colesterol e diabetes: aumenta os níveis do colesterol bom (HDL) no organismo e reduz os níveis do colesterol ruim (LDL). Por conter fibra, ajuda a estabilizar os níveis de glicose no sangue.
  • Concentração e alivia o estresse:  possui a L-teanina, aminoácido que estimula a atividade cerebral relacionada ao relaxamento, à concentração, ao alívio de estresse e até à diminuição da pressão arterial. Curiosidade: Os monges budistas consomem o chá quando precisam meditar por longos períodos.

 

A história do matcha
O matcha é a folha integral do chá verde, bem mais concentrada do que a infusão da folha em água. Servido há séculos em cerimônias religiosas e descoberto por monges budistas, toda a produção do chá era consumida na própria região. O que o diferencia claramente de chás brancos, pretos e verde, é o processo de produção.

As folhas usadas vêm de plantações protegidas do sol – o que conserva antioxidantes e clorofila da planta –, além de serem colhidas ainda em forma de broto. Depois de colhidas e secas, elas são trituradas em um moinho e transformadas em pó.

 

 

Fonte: https://www.metropoles.com/vida-e-estilo/nutricao/conheca-os-beneficios-do-matcha-para-a-saude-e-acredite-sao-muitos

Postagens Recentes

Deixe um comentário

Contate-nos

Adoramos conversar com você!

0

Facebook

YouTube

Instagram

Follow Me on Instagram