Tipos de linhaça: óleo, grão ou farinha? Saiba qual escolher!

 De Dicas de Saúde

A linhaça vem ganhando destaque nos pratos dos brasileiros e a fama não chegou à toa: essa pequena semente reserva grandes vantagens para o organismo. É possível encontrá-la em diversas versões e cada um dos tipos de linhaça traz propriedades diferentes, por isso é importante conhecê-los para descobrir o ideal para você.

Pensando nisso, criamos este conteúdo para compartilhar com você as propriedades e os benefícios do produto em suas três principais versões. Continue a leitura para conhecer mais detalhes sobre a linhaça em grãos, em óleo e em farinha!

Conhecendo a linhaça

A linhaça é uma semente bem pequena, mas não deixe o tamanho te enganar: mesmo pequeno, o alimento é capaz de armazenar diversas propriedades essenciais para o nosso organismo, contribuindo para uma vida muito mais saudável. É possível encontrar a linhaça marrom e a dourada, entenda a diferença:

  • Linhaça marrom: cultivada em climas mais quentes e úmidos, a linhaça marrom apresenta maior quantidade de fibras. Além disso, o sabor das sementes marrons é mais amargo e marcante; 
  • Linhaça dourada: por outro lado, a linhaça dourada é cultivada em climas mais frios e tem a casca mais fina, o que confere um sabor mais suave para a semente. Exatamente pela suavidade no sabor, pode ser uma boa pedida para quem está começando a inserir grãos na alimentação. 

Várias pesquisas científicas já comprovaram os benefícios da linhaça, inclusive no combate de doenças como pressão alta, colesterol e até mesmo o câncer. Um estudo realizado pela Universidade de Toronto, no Canadá, mostrou que a linhaça pode impedir o crescimento de tumores, principalmente no cólon, na próstata e na mama. Já uma pesquisa feita pela UFLA (Universidade Federal de Lavras) demonstrou as vantagens do alimento no combate à constipação intestinal.

Tudo isso é possível porque a linhaça é rica em fibras e em lignanas, substância com propriedades anticancerígenas. Além disso, a semente conta com vitaminas E e B, ômega 3, ferro, zinco, potássio e muito mais. 

Quais são os tipos de linhaça?

  1. Óleo de linhaça

Com coloração mais alaranjada e gosto um pouco mais amargo, o  óleo de linhaça  tem uma grande quantia de gorduras benéficas, chamadas de insaturadas – dentre elas, o destaque vai para o ômega 3. É possível utilizar o óleo para temperar saladas ou pratos quentes e até mesmo consumi-lo puro (a indicação é de 2 a 3 colheres de sopa por dia). 

  1. Farinha de linhaça

A farinha de linhaça apresenta alto teor mineral e vitamínico, assim como lignanas, fibras solúveis e ácidos graxos essenciais, como o ômega 3 e 6. Você pode adicionar a farinha de linhaça em pães, bolos e biscoitos ou até mesmo em sucos, frutas, leite e iogurtes, por exemplo. 

  1. Linhaça em grãos

A linhaça em grãos pode ser marrom ou dourada, sendo que a segunda opção possui uma casca mais fina e sabor mais suave. Nesta versão, é possível encontrar uma grande fonte de ômega 3, assim como carboidratos, fibras, proteínas e ômega 6. 

Além de utilizar a linhaça em grãos com pães, cereais matinais e iogurtes, é possível ainda triturar as sementes em casa para obter a sua farinha.

Seja em grãos, em óleo ou em farinha, não há dúvidas de que a linhaça traz incontáveis benefícios para a sua saúde. Agora é só usar as informações compartilhadas neste post para decidir qual versão você quer incluir na sua alimentação e usufruir de todas as vantagens dessa semente!

Aproveite para acessar a loja da Giroil e conferir uma seleção incrível de produtos com linhaça, produzidos com muito zelo para você.

Leia também:Onion rings sem glúten!

Posts recomendados

Deixe um comentário

Contate-nos

Adoramos conversar com você!

0
X